domingo, 12 de maio de 2013

Para evoluir é necessário reencontrar a autenticidade do próprio espírito




Tudo o que você precisa para sua evolução espiritual você encontra no aqui agora




Por Regis Mesquita


"Não ser autêntico é uma forma de evitar aquilo que não gostamos, aquilo que nos dá medo, gera dúvidas ou evitar aquilo que somos imaturos para enfrentar. É uma forma de tentar esconder o que realmente somos, o resultado é a confusão mental".

Trecho do livro Nascer Várias Vezes



“A regressão às encarnações passadas, à vida intrauterina, à primeira infância e ao passado em geral, é o reencontro da pessoa com sua origem. Na origem está a essência do que somos. O que existe de mais autêntico no ser humano é o que o espírito “introduz” na mente e no corpo de cada ser encarnado”.  

Regis Mesquita – Blog Nascer Várias Vezes



Explicando:

O bebê é formado por um novo corpo e um espírito antigo. O espírito antigo influencia a formação do corpo desde o primeiro momento. Além do corpo, ele influencia os conteúdos psíquicos. A influência do espírito é particularmente importante no desenvolvimento das vocações e interesses do bebê, da criança e do adulto. Tudo é preparado para que o novo ser humano, desde antes do seu nascimento, enfrente as dificuldades (e viva as facilidades) necessárias ao cumprimento de suas missões de vida.




A influência do espírito não é, todavia, a única influência que existe sobre o bebê/criança/adulto. Quando o bebê nasce, ele enfrenta situações difíceis de serem entendidas e experimentadas. A fome, por exemplo. Como resolvê-la? Ele é dependente de alguém para sentir-se satisfeito. Existe uma dependência externa e existe uma necessidade interna. Cada bebê é diferente na sua forma de agir e reagir. A genética é diferente e as vivências intrauterinas foram diferentes. Por isto, todos os bebês possuem suas particularidades. Cada um responde de forma diferente aos problemas da vida.

A vida é um conjunto de aprendizados e desafios. Nem sempre o ser humano consegue fazer as melhores escolhas. Às vezes se esconde, às vezes foge, às vezes copia a solução de outros. O medo, a insegurança, a dúvida, e tantas outras vivências negativas geram escolhas imaturas e ruins. Estas escolhas imaturas ou ruins geram crenças, valores, pensamentos e sentimentos que irão COMPETIR com aquilo que o espírito implanta na mente, desde a concepção.

A maior competição com as informações do espírito vem das “máscaras sociais” que o ego desenvolve.  Exemplo: uma criança pode optar por jogar futebol para se sentir aceita pelas outras crianças. Talvez jamais desenvolva seu potencial musical porque este potencial não é incentivado socialmente. Surge um vazio. A vocação autêntica (música) quer desabrochar, mas os valores e condicionamentos da mente não permitem. O que a criança traz como potencial do espírito fica escondido, bem escondido.

Além de não usar potencialidades duramente desenvolvidas em várias encarnações, a pessoa cria dependência do que é externo. No exemplo anterior funcionaria assim: “quero ser aceito, devo ser igual ao que os outros são”. Este conjunto de dependências e de valores e crenças imaturas distanciam a pessoa de sua essência espiritual.

Um dos mais importantes trabalhos evolutivos que todos os espíritos encarnados devem fazer é permitir com que os conteúdos que o espírito implantou na mente desde a concepção possam se manifestar livremente. Estes conteúdos geram interesses, vocações, intuições, sentimentos, emanam vibrações e conhecimentos, etc. São os frutos de milhares de anos de evolução do espírito (uma pequena parte deste enorme esforço, já que apenas uma parte do conteúdo total do espírito influencia a encarnação atual).

Uma imagem interessante é esta: o ego e nossa imaturidade produzem uma névoa que dificulta a percepção do que é nossa essência e de quais são nossas missões de vida.

Você é muito maior do que suas poucas décadas de vida. Existe muita sabedoria acumulada ao longo de milênios. Parte desta sabedoria está inscrita em sua mente. O espírito que você é cumpre o papel de influenciar sua mente desde a concepção até hoje. A “disputa” é: quanto desta sabedoria será capaz de influenciar sua consciência?

Uma fase importantíssima da evolução espiritual é a capacidade de transcender a experiência egoica e permitir a emersão dos conteúdos mais nobres (de dentro para fora). Quando Paulo de Tarso se converteu ao cristianismo, ele foi morar no deserto e depois em sua cidade natal. Ele precisava de tempo para quebrar o orgulho e a vaidade que o mantinha preso em padrões de pensamentos e comportamentos aprendidos socialmente (leia mais no livro Paulo e Estevão). Ao quebrar os padrões menos evoluídos que dominavam sua mente, Paulo conseguiu com que sua vida espiritual ampliasse. O resultado deste processo foi a descoberta de sua essência espiritual. Todos os espíritos encarnados um dia trilharão o mesmo caminho que Paulo.

O que acontecia com Paulo antes da conversão? Suas crenças, sentimentos, atitudes e modo de vida formavam uma prisão que o mantinha afastado de sua missão de vida. Ele precisava romper com isto. Ele precisava enxergar com os “olhos do espírito”. No caminho para a cidade de Damasco, Paulo ficou literalmente cego para o mundo exterior. Tudo o que ele cultivava perdeu sentido e a vivência espiritual conseguiu “aparecer” na consciência. Esta “cegueira para a vida exterior” pode ser causada por eventos negativos, como uma doença, uma mudança repentina na vida, uma crise existencial, etc. Neste momento, uma janela de oportunidade abre na mente da pessoa. Cabe à pessoa realmente aproveitá-la. Cabe a cada um a decisão de enfrentar o desafio de APROFUNDAR sua mudança espiritual. Se não for assim, tão logo o sofrimento que gerou a janela de oportunidade vá embora, ela volta a ser a mesma pessoa (sem aprendizado/evolução).

Nem todos precisam do sofrimento para abrir esta “janela de oportunidade”. Ela pode surgir a partir do esforço pessoal para romper com as imaturidades que dominam cada ser encarnado. Este esforço deve levar à evolução espiritual; o que significa mais percepção e mais aceitação da influência que surge de dentro para fora; maior influência positiva do espírito e da espiritualidade sobre a vida da pessoa.


Curta agora a página Filosofia da Espiritualidade
Clique em "Curtir Página"


Com a evolução espiritual e o progresso do conhecimento, novos recursos surgem para facilitar o trabalho evolutivo. Estes novos recursos são fruto da compaixão divina e do interesse do plano espiritual em ajudar os encarnados de várias formas. O mais interessante é que algumas destas técnicas permitem que as pessoas vivenciem esta janela de oportunidade e percebam os imensos benefícios para sua evolução e para sua qualidade de vida. A terapia de regressão (Terapia de Vidas Passadas), por exemplo. Esta técnica permite com que algumas forças psíquicas/espirituais que estão inibidas na mente da pessoa entrem em ação. Com isto, as “máscaras” são eliminadas e aparece o que o espírito impregnou (e continua impregnando) na mente. Muito aprendizado surge desta experiência. Aprendizado que irá iluminar a vida da pessoa por décadas (ou mais).

A cegueira do apóstolo Paulo permitiu que ele enxergasse diferente. Após sua cura, ele manteve sua luta para que aquelas novas experiências se aprofundassem. Ele mudou não só seu pensamento, ele se SINTONIZOU com as emanações do próprio espírito. Isto vai além de pensamento e sentimento. Uma das mais importantes vertentes do corpo humano e do perispírito são as vibrações, a sintonização está diretamente relacionada com as vibrações. (Sugiro a leitura do livro "A Espiritualidade no Dia a Dia" para entender e praticar esta sintonização.)

A vibração/energia do ser humano é determinada por seu conjunto de forças psíquicas. É possível, por exemplo, vestir a máscara de caridoso e ser profundamente egoísta. Neste caso, a vibração desta pessoa será de egoísmo, porque as forças internas dominantes são as egoístas. Paulo (antes da conversão) se via como bondoso, descobriu que era egoísta. Emanava vibrações nesta faixa vibratória. Era assim que ele realmente era. Ele era diferente do que pensava ser. Ele lutou para mudar sua vibração. Esta percepção das forças dominantes da mente e das forças mais nobres emanadas pelo espírito são importantíssimas para que a mudança seja realmente profunda e PERMANENTE. É o mesmo que acontece na regressão: as forças mentais estimuladas pelo espírito ficam livres para agir e toda a ilusão que nossa mente cria a respeito de nós mesmo é desmascarada, porque a mente total apresenta a verdade que existe no interior de cada um.

O objetivo é sempre o mesmo: construir um caminho baseado na missão de vida e na vocação pessoal (que surgem de dentro para fora). Cumprir os objetivos evolutivos programados para vida encarnada.

Quando o ser humano descobre suas potencialidades e vocações, ele supera uma vida de tédio, de pouca motivação e insatisfação basal. Quando as potencialidades que o espírito inscreve na mente e no corpo humano não são desenvolvidas sempre fica um vazio. Este vazio é um indicativo da evolução ainda necessária.


Autor: Regis Mesquita
https://twitter.com/saberespirita






Fique atento: receba no seu email os novos textos do Blog Nascer Várias Vezes.

Na coluna da direita existe um lugar para você digitar seu email. Depois você receberá um email de confirmação: clique no link e pronto. Todas as novas postagens serão mandadas para você.

É simples, fácil e útil.







Leia também:









Jamais esqueça de agradecer, mesmo nos tempos difíceis.



Para você refletir:

"As crianças são muito sensíveis. Captam com muita facilidade o que acontece à sua volta. Por não conseguirem processar a informação, buscam equivalência no “banco de dados” do espírito. Estas informações chegam até a mente da criança sob a forma de sensações e sentimentos. Ou seja, a falta de entendimento e de lógica deixa um vazio que produz angústia, tristeza e ansiedade. Cabe ao pai e à mãe auxiliar a criança a adquirir este entendimento e a lógica".





Conheça o segundo livro do autor Regis Mesquita


Centenas de imagens como estas desta página para você escolher e compartilhar.
Clique aqui (Facebook) ou aqui (Pinterest)



Licença para reprodução dos textos do blog Nascer Várias Vezes: siga as instruções



Um comentário:

  1. ADORO LER SEUS TEXTOS ME AJUDA MUITO ME ENSINA SOBRE AS PESSOAS E ME SINTO INSPIRADA PELOS ENSINAMENTOS. SOU FÃ DO SEU BLOG E DO SEU LIVRO QUE RECOMENDO PARA TODOS.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo, seu comentário é importante. Você também pode receber emails das novas postagens do blog. Inscreva-se no final da página de textos do blog (depois confirme no seu email).

Siga o Blog Nascer Várias Vezes no Twitter

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...